Pessoal Não Docente

Procedimento concursal comum de recrutamento para o preenchimento de postos de trabalho em regime de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado para carreira e categoria de assistente operacional, tendo em vista assegurar necessidades permanentes, e constituição de reserva de recrutamento interna para o mesmo posto de trabalho, em regime de contrato de trabalho em funções públicas a termo resolutivo, tendo em vista assegurar necessidades transitórias.  

Aviso de Abertura

Lista de Candidatos Admitidos a Concurso

Eleição da Comissão Paritária Quadriénio 2019-2023

Comissão Paritária

Despacho/Diretora/2019

Abertura de procedimento concursal de regularização para o preenchimento três postos de trabalho do Mapa de Pessoal do Agrupamento de escolas de Ribeira de Pena na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, restrito a candidatos abrangidos pelo programa de regularização extraordinária de vínculos precários (PREVPAP)

Aviso de Abertura de Procedimento Concursal OE2018100583

Lista de Ordenação Final OE201810-0583

Caro Pessoal não Docente.

O processo educativo não corre apenas em contexto de sala de aula, também fora dela. Quanto se pretende, como nós, o desenvolvimento integral do aluno, a aprendizagem decorre em todos os espaços escolares, e portanto, o vosso papel não é secundário e restrito às funções de limpeza e vigilância, são educadores e muitas vezes com uma intervenção mais rápida e mais eficaz que qualquer outro membro da comunidade educativa.

Avaliação do desempenho não docente

A Lei nº 66-B/2007, de 28 de dezembro, estabelece o sistema integrado de gestão e avaliação do desempenho na administração pública, abrangendo a avaliação do desempenho dos serviços (SIADAP 1), a avaliação do desempenho dos dirigentes (SIADAP 2) e a avaliação dos trabalhadores (SIADAP 3).

Foram entretanto produzidas alterações ao sistema através da Lei nº 55-A/2010, de 31 de dezembro e da Lei nº 66-B/2012, de 31 de dezembro. Em resultado das últimas alterações, o ciclo avaliativo no SIADAP 3 (trabalhadores) passou para dois anos, abrangendo o período de 1 de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2014.

A Portaria 359/2013, de 13 de dezembro, fez aprovar os modelos de fichas de autoavaliação e avaliação do desempenho para o SIADAP 2, SIADAP 3 e avaliação com base em competências prevista no artigo 80º da Lei nº 66-B/2007, de 28 de dezembro.