Pessoal Docente

Caros professores,

Não nos esqueçamos que o aluno é o protagonista da sua própria aprendizagem e deve ser capacitado e comprometido com a atividade intelectual necessária para assumir a construção do conhecimento. O aluno tem que ser convidado a criar e produzir ideias. É essencial desenvolver a criatividade e ganhar confiança no que é conhecido e o que pode ser feito, porque eles não podem ser pessoas passivas antes dos factos, mas sim ativos ante as propostas a que se deparam, propondo novas linhas de estudo.

Avaliação do desempenho docente

Enquadramento

A avaliação do desempenho docente, nos termos definidos pelo Estatuto da Carreira Docente (ECD), “visa a melhoria da qualidade do serviço educativo e das aprendizagens dos alunos e proprorciona orientações para o desenvolvimento pessoal e profissional [dos docentes] no quadro de um sistema de reconhecimento do mérito e da excelência” (Artº 40º, nº 2 do ECD).

 

Objetivos (Artº 40º, nº 2, do ECD)

  • Contribuir para a melhoria da prática pedagógica do docente;
  • Contribuir para a valorização do trabalho e da profissão docente;
  • Identificar as necessidades de formação do pessoal docente;
  • Detetar os fatores que influenciam o rendimento profissional do pessoal docente;
  • Diferenciar e premiar os melhores profissionais no âmbito do sistema de progressão da carreira docente;
  • Facultar indicadores de gestão em matéria de pessoal docente;
  • Promover o trabalho de cooperação entre os docentes, tendo em vista a melhoria do seu desempenho;
  • Promover um processo de acompanhamento e supervisão da prática docente;
  • Promover a responsabilização do docente quanto ao exercício da sua atividade profissional.

 

Natureza da avaliação

A ADD é composta por uma componente interna e externa. A avaliação interna é efetuada pelo agrupamento de escolas ou escola não agrupada do docente e é realizada em todos os escalões. A avaliação externa centra-se na dimensão científica e pedagógica e realiza-se através da observação de aulas por avaliadores externos, sendo obrigatória para os docentes em período probatório, para os docentes integrados no 2º e 4º escalão da carreira docente, para os docentes que queiram ascender à menção de Excelente em qualquer escalão e para os docentes integrados na carreira que obtenham a menção de Insuficiente.

 

Intervenientes

  • Diretora;
  • Coordenadores de departamento;